Eixo Literatura

Eixo que contempla narrativas em verso, prosa ou quadrinhos, em diversos gêneros. 

Clique em cada categoria para conhecer seu descritivo e critérios de avaliação pelo júri.

Reunião de narrativas ficcionais breves.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

1. ORIGINALIDADE E INVENTIVIDADE

2. EXPRESSIVIDADE

3. DENSIDADE DE CONTEÚDO E BREVIDADE DE FORMA

Reunião de narrativas cujos motes sejam fatos, eventos do cotidiano ou temas históricos.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

1. ORIGINALIDADE DO ASSUNTO OU DO TRATAMENTO

2. EXPRESSIVIDADE E QUALIDADE DA ESCRITA

3. INTERLOCUÇÃO COM A REALIDADE, COTIDIANO OU HISTÓRIA

Histórias em quadrinhos, originais ou adaptadas, contadas por meio de desenhos sequenciais, definidas pela integração de linguagem verbal e não verbal, ou apenas não verbal.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

1. INTERAÇÃO ENTRE IMAGENS E TEXTO

2. ORIGINALIDADE, INVENTIVIDADE E PERÍCIA TÉCNICA

3. EDIÇÃO E DESIGN GRÁFICO

Literatura dedicada especialmente às crianças a partir dos mais diversos temas.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

          1. INVENTIVIDADE E ORIGINALIDADE COM LINGUAGEM ADEQUADA AO PÚBLICO-ALVO

          2. OBRAS QUE DESPERTEM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E SENSAÇÕES

          3. OBRAS QUE MULTIPLIQUEM OU EXPANDAM A EXPERIÊNCIA LEITORA

Literatura dedicada especialmente aos jovens a partir dos mais diversos temas.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

        1.    INVENTIVIDADE NA CRIAÇÃO DE PERSONAGENS E DE UNIVERSOS QUE REPRESENTEM OU NÃO A REALIDADE
        2.    REPRESENTAÇÃO DAS CULTURAS JUVENIS E COLABORAÇÃO COM A CONSTRUÇÃO DE IDENTIDADES
        3.    LINGUAGEM ATRATIVA QUE ESTIMULE A CIRCULAÇÃO DE LITERATURA ENTRE OS JOVENS
 

Composição por meio de versos; expressão artística caracterizada pelo uso de ritmos, sonoridades e outros recursos intrínsecos à criação poética.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

          1.    INVENTIVIDADE E SONORIDADE NA RELAÇÃO ENTRE FORMA E CONTEÚDO
          2.    DOMÍNIO DAS TÉCNICAS DO GÊNERO PARA REAFIRMÁ-LAS OU SUBVERTÊ-LAS
          3.    INTERLOCUÇÃO COM OUTROS ESTILOS E AUTORES

Narrativa ficcional em prosa, geralmente longa, cujo enredo se desenvolva relacionando personagens numa sequência temporal. Aqui devem ser inscritos os romances de gênero, de entretenimento, como: policial, ficção científica, terror, romance sentimental/de amor, humor, suspense, aventura, fantasia, entre outros. O júri desta categoria irá avaliar as qualidades do enredo, privilegiando o conteúdo, a trama.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

1.            TÉCNICA NARRATIVA E ESTRUTURA RELACIONADAS AO GÊNERO
2.            ORIGINALIDADE E CAPACIDADE DE ENGAJAR O LEITOR
3.            DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO E CONSTRUÇÃO DOS PERSONAGENS

Narrativa ficcional em prosa, geralmente longa, cujo enredo se desenvolva relacionando personagens numa sequência temporal. Podem narrar sobre todo tema e sob qualquer enfoque. O júri desta categoria irá avaliar as qualidades do texto, privilegiando a forma, a arte literária.

Critérios a serem apreciados pelo júri:

1.            ORIGINALIDADE DE TEMA RELACIONADO À FORMA E/OU ESTILO
2.            TÉCNICA NARRATIVA E ESTRUTURA
3.            DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO E CONSTRUÇÃO DOS PERSONAGENS